07 setembro 2006

Relacionamentos

Relacionamento é uma palavra que tem muitos significados. Poder-se-ia falar da relação pai-filho, da relação governo-sociedade, da relação entre o ser e a natureza. Poder-se-ia, também, penetrar no campo dos relacionamentos interexistenciais, em que a mediunidade surge como força avassaladora. Dentre essa gama enorme, trataremos apenas do relacionamento com o "eu", com as idéias e o pensamento, com a natureza e com os outros.

Relacionamento com o eu. Quem é o eu? É o corpo ou o Espírito? Observe que, à semelhança do conceito de tempo, parece que sabemos o que é o eu, mas quando nos perguntam, temos dificuldade em responder ou dar uma resposta satisfatória. Por exemplo, como se expressa o nosso eu? Autenticamente? Ou através dos paradigmas e dos preconceitos adquiridos ao longo do tempo? Será que o eu é sincero com ele mesmo? Não estamos muito mais propensos a agradar aos outros do que a nós mesmos?

Relacionamento com as ideias. As ideias são as molas propulsoras do pensamento. Há idéias próprias e adventícias. As idéias próprias são aquelas alicerçadas numa reflexão constante, num trabalho árduo para bem conduzir o pensamento na busca da verdade; as idéias adventícias são de segunda grandeza, são idéias exteriores, úteis em determinadas circunstâncias, mas nem sempre essenciais ao nosso desenvolvimento espiritual. De qualquer maneira, quer sejam próprias ou adventícias, são elas que nos fazem relacionar com a realidade.

Relacionamento com a natureza. Estamos preservando a natureza ou poluindo-a cada vez mais? Preocupamo-nos com a coleta seletiva de lixo? Estamos deixando alguma área de terra em nosso quintal para a penetração da água da chuva? Até que ponto somos os causadores do efeito estufa? Os maremotos e outras catástrofes naturais são conseqüência da ação desenfreada da humanidade? É preciso preservar a natureza, pois é ela que irá nos fornecer não só o aconchego para o nosso lar como também toda a alimentação de que precisamos para a nossa sobrevivência.

Relacionamento com os outros. Para que possamos nos relacionar bem com os outros, convém verificar se já conseguimos nos relacionar bem conosco mesmos, com as idéias e com a natureza. Somente depois de um perfeito entendimento desses temas, teremos mais condições de nos relacionarmos bem com os outros, porque estes nada mais são do que uma extensão de nós mesmos, visto que todos pertencemos à raça humana.

O relacionamento está em tudo. Saibamos, pois, compreender bem esse termo, pois sempre precisaremos dos outros para a nossa vivência.

São Paulo, 19/10/2005

Nenhum comentário: